top of page

Idoso vai ao cabaré é enganado e morto por dívida do amigo com tráfico em Rialma

24/07/2022 (09hs11m) - Um idoso de 73 anos, identificado como José Gonçalves de Lima, foi encontrado morto numa mata de Rialma. A vítima foi assassinada com dois tiros e enterrada por um traficante de drogas da região e pelo próprio “amigo”.


O homem estava desaparecido há seis dias. O filho dele foi quem procurou a polícia e informou sobre o sumiço.


O rapaz relatou que a última vez que o pai foi visto foi em um cabaré de um distrito de Nova Glória, cidade próxima a Rialma, com um amigo.

A Polícia Militar (PM) localizou o companheiro de noite da vítima, que confirmou que ele e José foram ao cabaré depois de encontrarem o puteiro no qual se encontrariam fechado.


Lá, o rapaz fez contato com um traficante da região com quem tinha dívida de R$ 800 para organizar uma emboscada e levar R$ 3 mil em dinheiro do idoso.


O colega de José então o levou do cabaré e parou o carro, simulando que houve uma avaria. Neste momento, o traficante chegou a pé e atirou pelo menos duas vezes na vítima, que estava sentada no banco do passageiro.

O amigo do idoso entrou em pânico quando observou-o em completa agonia e pediu ao atirador para socorrer a vítima, mas o suspeito determinou que ele silenciasse e seguisse suas ordens.


O carro com o corpo foi deixado na entrada do Rio do Peixe, em Rialma. O traficante pegou o dinheiro e um revólver que estava com José.

De moto, os dois suspeitos foram até a casa de outro traficante, pegaram algumas ferramentas e cavaram um buraco para ocultar o cadáver na mata.


Eles ainda jogaram álcool nos bancos do veículo e trocaram por outros. Depois, a dupla ainda foi para uma festa em Rialma.


O cúmplice de José ainda relatou que foi alvo de diversas ameaças do traficante, que jurou matá-lo caso revelasse o crime ou onde o corpo estava escondido.


Ele foi preso e conduzido à delegacia de Nova Glória. A Polícia Civil ainda investiga o caso.

O corpo foi localizado e removido com apoio do Corpo de Bombeiros. O Instituto Médico Legal (IML) realizou perícia no local.



  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
ACIJ.png
laclin.JPG
PATROCÍNIOS
midia-top-2022.gif
bottom of page