top of page

IBGH recebe ultimato do Governo e terá 30 dias para mudanças no HEJA

A direção do Hospital Estadual Sandino de Amorim (HEJA) comandada pela OS, IBGH, recebeu na segunda-feira, 27 de janeiro, um ultimato da Secretaria Estadual de Saúde e de assessores do Governador Ronaldo Caiado, que perderam a paciência com a OS. “Ou melhoram o atendimento, implantam as especialidades médicas e as cirurgias ou vão ser descredenciados” afirmou Paulo Vitor Avelar, Chefe de Gabinete do Governador.

À reunião no próprio hospital contou com a presença de vereadores, de Mariele Vieira Ribeiro chefe de gabinete do Secretário Estadual de Saúde, Ismael Alexandrino, Lázara Mundin Superintendente Estadual do IBGH, Lineu Olímpio assessor especial do Governador, além do corpo técnico do hospital. Lázara Mundin anunciou uma série de medidas que serão adotadas e pediu 30 dias para a sua implementação efetiva, com uma nova inspeção dia 2 de março.

A direção do IBGH anunciou de imediato a contratação de ortopedista, atendendo diariamente, com a contratação de um técnico de gesso, realização de pequenas cirurgias já estabelecidas em contrato, além ginecologista e obstetrícia, para que os partos possam ser realizados no município. Além de medidas para humanizar o atendimento, com melhorias para desafogar a recepção.


Comments


  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
ACIJ.png
laclin.JPG
PATROCÍNIOS
midia-top-2022.gif
bottom of page