• Folha de Jaraguá

Homem morto na Vila Aparecida batia em familiares

Foi registrada a 19ª morte violenta do ano em Jaraguá, na noite de sexta-feira, 27/12, no distrito de Vila Aparecida, a 20 km da cidade. De acordo com repórter Dude Bill, um menor de idade, 15 anos, identificado pelas iniciais "D. S. P" matou o padrasto. A vítima, Célio Roberto Cordeiro dos Santos, 38 anos, conhecido pelo apelido de "JACARÉ". De acordo com a Polícia Militar ele foi assassinado com golpes de foice. O menor de idade fugiu na área rural de Vila Aparecida. As motivações para o crime seria pelo fato da mãe apanhar constantemente do marido. Testemunhas disseram que essa é a provável causa da homicídio.


ATUALIZAÇÃO 28/12 às 16h50


Os polícias militares Sargento Jorlo e Cabo Raniel atenderam na noite de sexta-feira, 27 de dezembro, a ocorrência na Fazenda Cahoeirinha perto de Vila Aparecida, onde aconteceu um homicídio, ao chegarem ao local eles encontraram com a vítima em vida, Célio Roberto Cordeiro dos Santos "Jacaré" segundo testemunhas, ele sempre fazia uso de bebidas alcoólicas e agredia a esposa e seus filhos. Dessa vez Célio Jacaré, espancou o menor de 17 anos, D. S. P. varias vezes durante o dia, a ponto do garoto se trancou em um quarto da casa de tanto medo.

Célio Jacaré ainda teria tentado quebrar a porta do quarto em que o adolescente se escondeu, como reação ao medo, assustado ele pegou uma foice e matou padrasto. Depois do homicídio consumado, o garoto correu para uma mata. O Corpo de Bombeiros de Jaraguá chegou a ir ao local, mais Célio Roberto já estava morto. A Polícia Militar permaneceu no local até a chegada do IML e Polícia Civil começou as investigações para trazer mais detalhes.


  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS
midia-top-2020.gif