top of page

Hackers sequestram arquivos do Grupo Jaime Câmara e exigem R$ 1 milhão, diz site

27/09/2022 (07hs03m) - Os sites dos jornais O Popular e Daqui, rádios Executiva e Moov estão fora do ar desde domingo (25). Em nota divulgada na tarde desta segunda-feira (26), o Grupo Jaime Câmara informou, que foi vítima de um “ataque hacker criminoso que bloqueou o acesso aos sistemas da empresa”. O TV Pop, portal de notícias especializado na cobertura de entretenimento, divulgou que os criminosos agem na tentativa de extorquir R$ 1 milhão do grupo, caso contrário, terão todos os dados apagados.


Ainda segundo informações da TV Pop, o ataque hacker foi uma tentativa de interromper as operações dos veículos de comunicação do grupo e acontece às vésperas da cobertura das eleições no próximo domingo 2 de outubro. Os hackers ainda teriam dado o prazo de sete dias para que a empresa pague a quantia exigida.


O Grupo Jaime Câmara controla a TV Anhanguera, afiliada da Globo em Goiás e Tocantins. O G1 Goiás foi o único veículo do grupo que não foi afetado, pois fica abrigado em um ambiente virtual de responsabilidade da Globo.


Conforme uma segunda nota divulgada na tarde desta segunda, o grupo frisou que não houve vazamento de dados dos leitores.“Reforçamos que todos os dados de clientes e usuários são protegidos por criptografia e portanto não há risco de vazamento. O dano do ataque é limitado à restrição do acesso aos nossos sistemas”, diz trecho publicado.


“Nossas equipes estão trabalhando intensamente e sem medir esforços para garantir a continuidade e o restabelecimento integral de todos os serviços e produtos”, acrescentou.


Problemas técnicos


Os primeiros problemas técnicos nas empresas da parceira da Globo foram notados com uma mensagem de erro no momento em que os assinantes e leitores tentavam acessar os sites do jornal O Popular, Daqui e Jornal do Tocantins. As rádios Executiva e Moov FM, de Goiânia, estão com as transmissões suspensas.


Na televisão, o problema fez com que as edições regionais do Jornal Anhanguera não fossem produzidas para cidades do interior. Na edição exibida na hora do almoço para todo o Estado, a apresentadora Lilian Lynch trocou o notebook por folhas de papel com o roteiro do jornal.


Em primeira nota divulgada nas redes sociais na manhã desta segunda, o grupo pediu desculpas pelos problemas técnicos dos veículos de comunicação. “Pedimos desculpas aos leitores dos jornais O POPULAR e Daqui e aos ouvintes das rádios Executiva e Moov FM pela indisponibilidade de nossos sistemas desde domingo.Nossas equipes estão trabalhando intensamente para o restabelecimento dos serviços o mais rápido possível. Enquanto isso, fique informado acessando o portal G1 Goiás, a rádio CBN Goiânia e a TV Anhanguera. Contamos com a sua companhia!”. A mesma nota foi compartilhada nas redes dos veículos do Tocantins.


  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
ACIJ.png
laclin.JPG
PATROCÍNIOS
midia-top-2022.gif
webbanner-728x90px.gif
bottom of page