top of page

Governo de Goiás lança ações para zerar dívida de empresários do setor da moda

07/08/2023 (15hs53m) - Com foco na geração de emprego e renda no setor da moda, o Governo de Goiás lança um pacote de ações para incentivar a produção e o comércio de vestuário e acessórios. A partir de segunda-feira (07/08), por meio de uma parceria entre a Secretaria da Retomada e o Procon Goiás, será realizado um mutirão para renegociar dívidas de lojistas da Região da 44, com condições especiais como descontos e prazos facilitados.


O mutirão terá atendimento no Shopping Mega Moda, no Clube da Costura, no pavimento G3, em horário comercial, com assessoria para dívidas de diferentes setores, como instituições financeiras, telefonia, água, energia elétrica, fornecedores de insumos, entre outros. O objetivo é auxiliar empresários a retirarem o nome dos órgãos de proteção ao crédito e, assim, viabilizar o acesso deles aos programas de crédito ofertados pelo Governo de Goiás.


O superintendente do Procon Goiás, Levy Rafael, acredita que a ação específica desmistifica a visão que muitos fornecedores têm sobre a atuação do Procon Goiás como órgão de caráter punitivo e repressor. “Estaremos no local para estender a mão, dar o apoio que os lojistas precisam para recuperar o crédito e movimentar a economia do estado”, assegura Levy.


Crédito especial

Na sequência, uma linha de crédito especial será lançada para comércio e produção de moda, é o Mais Crédito Moda, via Goiás Fomento e Retomada. Por meio dessa linha, os micro e pequenos empreendedores do ramo da moda poderão pegar empréstimo de até R$ 21 mil, para pagamento em até 24 parcelas com até três meses de carência. Com avalista, o empréstimo até R$ 5 mil sai a juro zero. Caso não tenha avalista, incidirá juro subsidiado de 1,69% ao mês sobre o valor do financiamento.


“A linha de crédito exclusiva para os empreendedores do ramo da moda tem o objetivo de apoiar e fomentar as cadeias produtivas goianas com opções de financiamento com as menores taxas do mercado e prazos longos para pagamento”, explica Eurípedes do Carmo, presidente da GoiásFomento


Para ter acesso ao Mais Crédito da Moda, o empresário terá que adquirir mercadorias confeccionadas pelos arranjos produtivos locais (APLs) formados por municípios goianos que receberam as máquinas de corte de tecido Audaces que estão instaladas no interior do estado nas cidades de Jussara, Jaraguá, Catalão, Taquaral, Pontalina, Pontalina, Itaguari, Itaguaru, Águas Lindas, Itapuranga, Trindade, Ceres, Cidade de Goiás, Hidrolândia, Ipameri e Novo Gama.


“Nessa iniciativa enxergamos uma forma de movimentar a economia também no interior do estado, atrelando os empréstimos à produção de peças nos APLs da moda, gerando emprego e renda nos municípios”, explica o secretário da Retomada, César Moura.



  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
ACIJ.png
laclin.JPG
PATROCÍNIOS
midia-top-2022.gif
bottom of page