top of page

Geração de empregos no Estado de Goiás é destaque em publicação nacional

02/08/2023 (07hs39m) - A capacidade de geração de empregos em Goiás foi destaque na edição desta terça-feira (1º/08) do jornal Valor Econômico.


A publicação nacional, que analisa finanças e o desempenho da economia, destacou que o emprego no Centro-Oeste cresce três vezes mais que no restante do país, alcançando 6,8% entre dezembro de 2019 e março de 2023.


No mesmo período a alta da ocupação no Brasil foi de 2,4%, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad).


De acordo com dados reunidos pelo veículo, por meio do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) do governo federal, Goiás lidera o recorte de empregos formais gerados a partir da agropecuária na região Centro-Oeste do Brasil.


Ao todo, o setor ocupa 21% das vagas em território goiano, mesmo número observado no Mato Grosso do Sul. O Mato Grosso vem logo atrás, com 12%.


Além do aumento das oportunidades de trabalho, o rendimento médio por pessoa também cresceu no Centro-Oeste.


A alta chegou a 12,2% no período nos estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal e chegou a R$ 3.575,00 conforme a empresa LCA Consultoria.


O motor propulsor do crescimento, segundo analistas ouvidos pelo jornal, foi o agronegócio, capitaneado pelas commodities e as safras recorde.


Expectativa de crescimento do PIB


A expectativa para 2023 é de que o Produto Interno Bruto (PIB) da região cresça 2,3%, também acima do esperado em relação ao restante do Brasil, que é de 1,9%.


Novas safras recorde de soja e milho, bem como os desempenhos das indústrias de cana, abate de bovinos, de alimentos e biocombustíveis devem ser destaques.



  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
ACIJ.png
laclin.JPG
PATROCÍNIOS
midia-top-2022.gif
bottom of page