top of page

Frigoríficos de Goiás dão férias coletivas após China suspender importações de carne

04/03/2023 (07hs59m) - Três frigoríficos de Goiás deram férias coletivas após a China e mais três países suspenderem as importações de carne bovina brasileira. A suspensão aconteceu por causa da confirmação de um caso de vaca louca no Pará.


O Ministério da Agricultura e Pecuária definiu o caso recente como atípico (entenda no final da reportagem).


Os frigoríficos que adotaram essa medida em Goiás são o da Minerva Foods, em Palmeiras de Goiás, e os da JBS, em Senador Canedo e Mozarlândia. Conforme o repórter da TV Anhanguera, Honório Jacometto, os três são frigoríficos goianos que exportam para a China, que é a maior compradora da carne bovina do Brasil.


Em comunicado ao mercado, a empresa Minerva informou que aguarda o retorno das vendas para a China o quanto antes. Já a JBS, não quis comentar o caso.


Impacto


A confirmação da vaca louca (Encefalopatia Espongiforme) no município de Marabá, no Pará, no dia 22 de fevereiro, causou um reflexo imediato na cadeia produtiva da bovinocultura de todo o país.


Conforme o Ministério da Agricultura e Pecuária, exportações da carne bovina do Brasil foram suspensas temporariamente pela China, Tailândia, Irã e a Jordânia. Já a Rússia, apresentou embargo da carne exportada do Pará.


Conforme Leandro Stival, presidente do Sindicato das Indústrias de Carnes e Derivado no Estado de Goiás (Sindicarne), o momento é complexo e as empresas precisam se adaptar e montar estratégias. Ele contou que algumas optaram pelas férias coletivas, já outras reduziram a escala do abate.


Entretanto, é uma situação ruim não só para as indústrias que perdem dinheiro, mas também para o campo. Na última semana o produtor rural viu o preço do arroba do boi gordo despencar mais de R$ 30.  |  Informações G1




Comments


  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
ACIJ.png
laclin.JPG
PATROCÍNIOS
midia-top-2022.gif
bottom of page