PATROCÍNIOS
  • Folha de Jaraguá

Estado vai liberar 500 milhões para capital de giro emergencial

O Governo de Goiás, por intermédio da Secretaria de Indústria, Comércio e Serviços (SIC) e da GoiásFomento, vai ajudar os pequenos e médios empresários, injetando R$ 500 milhões (meio bilhão) no mercado para capital de giro, dinheiro paga pagamento de impostos, mão de obra, aluguéis e outros custos fixos variados.

_

Os R$ 500 milhões são para capital de giro emergencial, inclusive custos fixos, para MEI, micro e pequenas empresas, através da GoiásFomento, Banco do Brasil e FCO. A carência é de 6 a 12 meses e o prazo para pagamento de 24 meses. O governo vai disponibilizar ainda a criação de um Fundo de Aval para facilitar o crédito aos microempresários.

_

Como há recomendações para se evitar as aglomerações de pessoas em espaços públicos, os empresários devem acessar esses recursos exclusivamente por contato via telefone com gerentes do Banco do Brasil, ou por canais oficiais via internet. O mesmo procedimento deve ser adotado para o contato com a GoiásFomento e o Goiás Empreendedor (Banco do Povo).


MIDIA_FOLHA_DE_JARAGUÁ_01.png
GIF-JARAGUA-ATUALIZADO.gif
petro-arabe2-17-8.gif

By R2 Soft - © 2016 Folha de Jaraguá