top of page
  • Folha de Jaraguá

Estado de Goiás registrou 2,4 milhões de raios entre janeiro e fevereiro de 2023

17/03/2023 (09hs47m) - Entre janeiro e fevereiro deste ano, Goiás registrou 2,4 milhões de raios, segundo o sistema de monitoramento da Equatorial. A companhia destaca que este número representa mais de 60% do total registrado em todo o ano de 2022, que chegou a 3,8 milhões.


De acordo com a Equatorial, as cidades mais impactadas nos últimos dois meses foram Niquelândia, Cristalina, Rio Verde, Porangatu, Jataí e Formosa. Somente em janeiro deste ano, o sistema de monitoramento registrou 1,7 milhão de raios no estado, quase três vezes mais que em janeiro de 2022.


A companhia informou que os raios são responsáveis por cerca de 20% das interrupções no fornecimento de energia, além de provocarem curtos-circuitos, queima de equipamentos e até acidentes fatais.


Além disso, a Equatorial disse que conta um sistema de monitoramento com objetivo de acompanhar a evolução das tempestades e apoiar a mobilização das equipes em campo, com foco na minimização do tempo de atendimento em casos de interrupção no fornecimento de energia.


Cuidados dentro de casa:


Evitar o uso do celular, secador de cabelo e ferro elétrico conectados à tomada;

Evitar uso de chuveiro ou torneira elétrica;

Evitar consertos de instalações elétricas;

Se possível, permanecer dentro de casa enquanto a tempestade durar.

Cuidados fora de casa:


Evitar contato com objetos metálicos, como cercas de arame, tubos metálicos e principalmente linhas telefônicas ou elétricas; Evitar estar em locais como campos abertos, piscinas, lagos, praias, árvores isoladas, postes e locais elevados. | Informações Equatorial



  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
ACIJ.png
laclin.JPG
PATROCÍNIOS
midia-top-2022.gif
bottom of page