top of page

Escritor Paulo Coelho diz que se arrepende de ter investido na campanha de Lula

27/03/2023 (08hs29m) - O escritor Paulo Coelho afirmou que “não deveria ter se empenhado” na campanha do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) durante as eleições. Ele ressaltou que o novo mandato do petista está “patético”. 


“Décadas apoiando Lula, noto que seu novo mandato está patético. Cair na trampa de  ex-juiz desqualificado, incapacidade de resolver o problema do BC etc. Não devia ter me empenhado na campanha. Perdi leitores (faz parte) mas não estou vendo meu voto ter valido a pena”, afirmou Paulo Coelho via redes sociais. 


O escritor justificou seu “arrependimento” pelas questões polêmicas que rondam os primeiros 100 dias de governo Lula, como o entrave com o Banco Central (BC) e as últimas declarações contra o ex-juiz federal e então senador, Sérgio Moro (União Brasil-PR). 


A taxa Selic está em 13,75% ao ano e isso não tem agradado Lula. O presidente já deu declarações públicas criticando a postura do BC em relação à taxa básica de juros. O embate não tem surtido efeito. A última reunião do Copom, em 23/03, definiu que a Selic se manteria em 13,75%. Interlocutores e especialistas afirmam que as declarações de Lula contra o BC prejudicam a confiança de investidores externos no país. 


Outro acontecimento da semana foi a descoberta da Polícia Federal (PF) de que Sérgio Moro foi alvo de um plano de sequestro da facção criminosa PCC. Quando comentou sobre esse assunto, Lula afirmou que o caso era “mais uma armação de Moro”. A declaração não foi bem aceita no meio político.   |  Folha de Jaraguá informações Estado de Minas


Comentários


  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
ACIJ.png
laclin.JPG
PATROCÍNIOS
midia-top-2022.gif
bottom of page