top of page

Em Goianésia, Padrasto é preso por abusar sexualmente da entenda desde os 10 anos

07/02/2023 (06hs48m) - A Polícia Civil por meio da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM) de Goianésia, cumpriu mandado de prisão temporária em desfavor de um homem, 44 anos, investigado pela prática de diversos crimes, como estupro de vulnerável e estupro praticado contra a enteada. Na ocasião, foi cumprido também mandado de busca e apreensão domiciliar.


A vítima, hoje com 19 anos de idade, narrou aos policiais que era abusada sexualmente pelo padrasto desde os 10 anos de idade. Narrou ainda que o padrasto, com o objetivo de continuar com os abusos sexuais, proferia ameaças de morte, dizendo que havia comprado uma arma de fogo e que ela “iria ver sangue”.


Após completar a maioridade, o homem ficou ainda mais agressivo . A vítima, então, conseguiu se mudar para a residência de seu avô. No entanto, ele o padrasto não cessou a conduta criminosa : passou a vigiá-la e continuou com as ameaças.


Assim, por não aguentar mais a violência sofrida, a vítima procurou a Delegacia da Mulher e noticiou os fatos. A Polícia Civil, diante da gravidade dos fatos, representou pela decretação da prisão temporária e pela busca e apreensão domiciliar na casa do investigado, que foram deferidas pelo Poder Judiciário.


O investigado encontra-se recolhido na Unidade Prisional de Goianésia, à disposição do Poder Judiciário. | Folha de Jaraguá com informações 15ª DGPC



  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
ACIJ.png
laclin.JPG
PATROCÍNIOS
midia-top-2022.gif
bottom of page