top of page

Em Goiás, mãe é presa por vender pornografia infantil da filha de 8 anos

23/09/2023 (11hs08m) - A Polícia Civil de Goiás, através da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente da 17ª Delegacia Regional de Águas Lindas, prendeu em flagrante na quinta-feira (21), uma mulher, de 29 anos, pelo crime de venda de pornografia infantil. Os fatos chegaram ao conhecimento da equipe policial após a investigada ir até à delegacia para registrar uma ocorrência de ameaça.


Segundo a mulher, após ver um anúncio de empréstimo em uma rede social, ela entrou em contato e, então, passou a ser coagida a enviar fotos íntimas dela e da própria filha, de apenas oito anos. Contudo, após os policiais acessarem o celular dela, foi constatado pela equipe que, na verdade, tratava-se de uma negociação de venda de fotos íntimas. Os fatos duraram três dias, período em que a vítima prosseguiu enviando fotos da criança, na esperança de ser recompensada. Ao perceber que se tratava de um golpe e que não haveria pagamento, parou de enviar as fotos. Diante disso, o autor expôs o conteúdo em redes sociais.


Desta forma, ao verificar que a vítima estava em situação de flagrante delito do crime previsto do art. 241 do Estatuto da Criança e do Adolescente, foi dada voz de prisão e lavrado o respectivo auto de prisão em flagrante. A pena para este tipo de crime é de dois a quatro anos.



  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
ACIJ.png
laclin.JPG
PATROCÍNIOS
midia-top-2022.gif
webbanner-728x90px.gif
bottom of page