• Folha de Jaraguá

Diante de multidão Bolsonaro diz que não cumprirá decisões de Alexandre de Moraes

07/09/2021 (16hs32m) - O presidente Jair Bolsonaro sugeriu que não cumprirá decisões do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Em discurso em São Paulo, na Avenida Paulista, em ato de celebração do Dia da Independência, ele citou nominalmente o magistrado e deu a entender que desobedecerá possíveis decisões judiciais.


"Deixe de censurar o seu povo. Mais do que isso, nós devemos, sim, —porque eu falo em nome de vocês — determinar que todos os presos políticos sejam postos em liberdade. [Quero] dizer a vocês que qualquer decisão do senhor Alexandre de Moraes esse presidente não mais cumprirá! A paciência do nosso povo já se esgotou!", declarou.


Bolsonaro também disse que "ou esse ministro [Moraes] se enquadra ou ele pede para sair". "Não se pode admitir que uma pessoa apenas, um homem apenas, turve a nossa liberdade", afirmou. "Ele [Moraes] tem tempo ainda para se redimir. Tem tempo ainda de arquivar seus inquéritos. Sai, Alexandre de Moraes, deixa de ser canalha, deixa de oprimir o povo brasileiro", acrescentou.


O presidente da República também defendeu que não se admita que "pessoas como Alexandre de Moraes" continuem a "açoitar" a democracia e "desrespeitar a Constituição". "Ele teve todas as oportunidades para agir com o respeito a todos nós. Mas não agiu dessa maneira, como continua não agindo. Como agora há pouco interceptou um cidadão americano para ser inquirido sobre atos antidemocráticos", sustentou Bolsonaro.



  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS
midia-top-2020.gif