top of page

Depois de EUA e Canadá abaterem OVNI, China e Uruguai investigam objetos voadores

12/02/2023 (09hs59m) - Após forças dos Estados Unidos e Canadá identificarem e abater com caças ONVIs (Objetos Voadores Não Identificados) sobrevoando seus territórios, desta vez as autoridades de China e Uruguai relataram que encontraram objetos não identificados perpassando os céus dos países.


A China informou neste domingo (12) que identificou um objeto voador não identificado próximo à cidade de Rizhao, na costa leste do país, segundo informações do jornal estatal chinês “Global Times”.


Já o Uruguai comunicou que foram relatadas imagens de luzes atípicas no céu das Termas de Almirón, próximo à cidade de Paysandú, e que uma divisão de investigação já foi acionada para apurar os fatos.


“Diante das denúncias recebidas sobre o avistamento de lampejos no céu em Termas de Almirón, departamento de Paysandú, foi ordenada a intervenção da CRIDOVNI (Comissão de Recepção e Investigação de Denúncias de Objetos Voadores Não Identificados)”, afirmou a Força Aérea Uruguaia.


Vale ressaltar que, desde a semana passada, três objetos voadores foram localizados na América do Norte. No sábado (11), um equipamento foi abatido pelos EUA enquanto sobrevoava o norte do Canadá, com suspeitas de ser um balão de espionagem chinês.


Um dia antes, na sexta-feira (10), um outro objeto foi abatido no espaço aéreo do Alasca por um caça F-22 dos Estados Unidos e, no fim de semana passado, um balão de vigilância chinês também foi derrubado por F-22s na costa da Carolina do Sul. I Informações CNN Brasil



Comments


  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
ACIJ.png
laclin.JPG
PATROCÍNIOS
midia-top-2022.gif
bottom of page