top of page

Criminosos especialistas em desmanche de caminhões são presos em Goianésia e SP

18/05/2023 (07hs59m) - A Polícia Civil de Goianésia, através do Grupo Especial de Repressão a Crimes Patrimoniais (GEPATRI), realizou nesta quarta-feira, 17, uma mega operação para desarticular uma quadrilha especializada em furtos, roubos, desmanche e adulteração de caminhões, além da revenda de peças.


Denominada de “Mercado Paralelo”, a operação foi realizada de forma simultânea no oeste de Goianésia, e também na cidade de Itatiba (SP), culminando na prisão de dois suspeitos. Em Goianésia, um homem de 35 anos foi preso no Parque das Palmeiras, enquanto que dois foram levados para a Delegacia de Polícia, como testemunhas. A dupla seria funcionária da empresa investigada.


Durante a operação, a 15ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Goianésia, contou com o apoio das delegacias de Goianésia, Jaraguá, Itatiba (SP), Grupo Tático 3 (GT3) e Grupo de Perícias Especiais (GAPE/SPTC), sendo então cumpridos dois mandados de prisões preventivas e cinco mandados de buscas e apreensões. 38 policiais participaram da operação.


De acordo com a delegada responsável pelas investigações, Poliana Bergamo, as investigações iniciaram a cerca de dois anos e os suspeitos poderão ser indiciados pelos crimes de furto, roubo, receptação qualificada, associação criminosa e adulteração de sinal identificador de veículo automotor (Artigos 155, 157, 180 §1º , 288  e 311 § 2º , inciso III e § 3º, todos do Código Penal Brasileiro).


Com relação ao suspeito detido em Goianésia, Poliana Bergamo explicou que ele também foi autuado em flagrante de delito pelo crime de receptação qualificada, vez que durante o cumprimento dos mandados de buscas foram encontrados diversos motores de veículo automotor (caminhões) adulterados/remarcados. Além  dos motores, ainda foram apreendidos caminhões e peças de caminhões de alto valor, como câmbios, aparelhos celulares e documentos, que vão auxiliar nas investigações.


As investigações mostram que que os suspeitos estruturaram uma associação criminosa com atuação a nível nacional e especializada em furtos/roubos de veículos pesados (principalmente na região Sul do país) armazenamento, desmanche, adulteração e remarcação de numeração identificadora (chassi e motor) dos veículos e revenda de peças de origem ilícita. 


Agora, a Polícia Civil analisará o material probatório apreendido, sendo que os detidos estão à disposição do Poder Judiciário.



Comments


  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
ACIJ.png
laclin.JPG
PATROCÍNIOS
midia-top-2022.gif
bottom of page