• Folha de Jaraguá

Corpo de Bombeiros monitora cheia do lago da Vila Isaura sobre risco de rompimento

Publicidade

26/02/2021 (13hs15m) - O Corpo de Bombeiros de Jaraguá foi acionado por moradores da região da Vila Isaura na tarde de sexta-feira, 26/02, para monitorar a cheia do Lago da Vila Isaura, que por alguns minutos transbordou e apresentou um possível vazamento em uma rachadura, uma equipe foi ao local e fez a liberação de uma comporta para baixar o volume de água. Moradores estão preocupados com a situação. “Todos os anos é o mesmo dilema e ninguém toma real atitude, já tá ficando chato” disse Cleia Gomes.


De acordo com o Tenente Rubens, CIBM, uma equipe foi ao local e o nível da água abaixou até os escoadores. “Mas em virtude das chuvas, vamos voltar lá para que sejam abertos todos os meios de escoamento para garantir a segurança da população” frisou.


O chamado Lago Seco teve início em 2004, no governo da Ex-prefeita Márcia Fonseca, mas as obras ficaram apenas em um amontoado de terras. O que se tem de estrutura com a barragem e o formato do projeto foi concebido na gestão de Lineu Olímpio (2005-2012), que também não conseguiu entregar a obra.


Na gestão de Ival Avelar (2013-2016), a obra pouco avançou, mas os recursos ficaram em caixa. No entanto as obras voltaram a andar em 2020, na gestão do Ex-prefeito Zilomar Oliveira (2017-2020), às vésperas do período eleitoral. Quando pela primeira vez, um prefeito decidiu manter o lago cheio, desde novembro, o local acumula o volume de água. Entre recursos em caixa e verbas já aplicadas, o projeto passa de 1,5 milhão.


  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS

© Copyright 2006 - 2021 Folha de Jaraguá