top of page

Com mais de 70 mil casos, Governo de Goiás intensifica ações contra a dengue

27/03/2024 (08hs34m) - Com mais de 70 mil casos confirmados de dengue nos primeiros três meses de 2024, as ações de combate ao mosquito Aedes aegypti são fundamentais para redução da incidência da doença e diminuição das mortes em Goiás. De acordo com a Secretaria da Saúde (SES-GO), o estado já registra 74 mortes confirmadas e 106 suspeitas.


Diariamente, os municípios realizam ações contra a dengue, com atividades para eliminação do agente transmissor. Em Pires do Rio, a prefeitura organizou uma ação de limpeza em casas. Os agentes sanitários realizaram a limpeza de caixas d’água e reservatórios.


Durante as visitas foram encontrados focos do mosquito da dengue, que também é transmissor da zika e chikungunya. O diretor administrativo da Macrorregião Centro Sudeste, Severo Neiva, reforça que as ações também são essenciais para divulgação de informações para a população.


“As atividades de combate à dengue nos municípios são propostos pela equipe da regional por meio do Gabinete de Crise. Tem sido um trabalho de parceria que está rendendo frutos”, afirma Severo. Segundo o diretor, é necessário que as ações sejam articuladas de forma intersetorial, principalmente com as secretarias municipais de Educação.


“Percebemos que crianças são formadoras de opinião no ambiente em que convivem e contribuem de forma positiva na disseminação de informações e no combate ao mosquito”, acrescenta.


Além de Pires do Rio, fazem parte da Macrorregião Centro Sudeste os municípios de Anhanguera, Caldas Novas, Campo Alegre de Goiás, Catalão, Corumbaíba, Cumari, Davinópolis, Goiandira, Ipameri, Marzagão, Nova Aurora, Ouvidor, Palmelo, Rio Quente, Santa Cruz de Goiás, Três Ranchos e Urutaí.



Comentários


  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
ACIJ.png
laclin.JPG
PATROCÍNIOS
midia-top-2022.gif
bottom of page