PATROCÍNIOS
  • Folha de Jaraguá

Em Goianésia, homem morre esfaqueado ao defender mulher de assédio em boate


Na madrugada deste sábado, 07, as forças policiais de Goianésia registraram mais uma morte violenta na cidade, a 19ª do ano, ao registrar o 17º homicídio, tendo como vítima Joaquim Ribeiro de Camargo, de 40 anos, morador do Bairro Covoá, região oeste de Goianésia, após receber vários golpes de faca na região abdominal.Conforme descrito na ocorrência, Joaquim Ribeiro estava na Boate Encontros juntamente com sua amasia quando resolveu ir ao banheiro. Neste intervalo, o principal suspeito de ter cometido o crime, N. B., de 40 anos, começou a “mexer” com a amasia da vítima, querendo agarrá-la a força, inclusive, chegou a pegar em suas partes íntimas, momento em que Joaquim saiu do banheiro e se deparou com a situação, onde deu início há uma briga, sendo contornada por um segurança que retirou N. B. da boate.

Posteriormente, já fora da boate, em uma distribuidora, um rapaz chegou até a vítima e lhe pediu para ir embora, dizendo que N. B. teria voltado armado com a intenção de matá-lo, porém, Joaquim Ribeiro se levantou dizendo que ele não era homem para isso, mas resolver ir embora juntamente com sua amasia, em um veículo Fox preto.

Ao contornar, Joaquim parou o veículo em frente a boate e uma nova confusão foi iniciada com o suspeito, que de posse de uma faca, desferiu golpes na região do abdômen fazendo com que parte de seu intestino saísse para fora. No meio da confusão, Joaquim ainda conseguiu tomar a faca do agressor, e sua amasia tomou a chave da motocicleta (XTZ150 CROSSER ED cinza) de N. B. que fugiu a pé, enquanto Joaquim foi socorrido por terceiros e levado para a Unidade de Pronto Atendimento - UPA - onde não resistiu aos ferimentos e morreu instantes após dar entrada.

Policiais militares realizaram patrulhamentos na tentativa de encontrar o suspeito, no entanto, não obtiveram êxito. A faca utilizada no crime foi recolhida e levada para a Delegacia de Polícia e a motocicleta apreendida e conduzida para o pátio do 23º Batalhão da Polícia Militar.A ocorrência foi registrada por volta de 04h00 e desde então a polícia está empenhada em encontrar o suspeito. Caso alguém tenha presenciado o crime e souber alguma informação que possa levar à captura de N. B. basta entrar em contato via 190 que sua identidade será preservada.

MEGANÉSIA

Homicídios em Goianésia em 2019 1º - Erick Wevertton Alves Fernandes, de 20 anos. Morreu no dia 29 de janeiro no Hospital de Urgências de Anápolis - HUANA - depois de ser baleado na Rua 25 Norte, Bairro Carrilho, na noite anterior.

2º - Janderson Luiz Ferreira, de 31 anos, foi alvejado por quase 30 disparos de arma de fogo (9 mm e 380) em um bar no Bairro Amigo.

3º - Carlos Afonso dos Santos, de 28 anos, foi alvejado por vários disparos de arma de fogo (calibre 380) em sua residência na Rua 51, Bairro Muniz Falcão, chegou a ser conduzido para a Unidade de Pronto Atendimento - UPA - mas não resistiu aos ferimentos.

4º - Willian Rodrigues, de 23 anos, foi morto com 05 tiros de pistola calibre 380 na Rua 03, próximo à Rua 04, Bairro Amigo.

5º - Osmar do Couto, de 52 anos, foi morto com disparos de arma de fogo após se desentender com seu colega de trabalho no Assentamento Vitória, Zona Rural de Goianésia.

6º - Jairo Macedo de Sousa, de 22 anos, morreu no início da noite de domingo, 28, uma semana depois de ser esfaqueado em um bar, na Avenida Contorno, Bairro São Cristóvão.

7º - Marcos Vinícius F. Machado Borges, de 14 anos, morreu após ser esfaqueado durante uma festa maína no Clube do Gasa depois de ser esfaqueado na noite do dia 11 de maio.

8º - Lúcio Monteiro Alves da Silva, de 27 anos, morreu no último dia 13 de julho de bala perdida após ser alvejado com pelos menos dois disparos em um bar no Bairro Amigo durante um tiroteio no dia 16 fevereiro.

9º - Alexandre Alecrim Guimarães, o Duba, de 30 anos, morto com vários disparos de pistola .40 e 9 mm na noite do dia 19 de julho, no Residencial Paulo Dias.

10º - Renato Quintino de Andrade, de 32 anos, morto a tiros na noite do dia 20 de julho, em sua residência no Parque Araguaia.

11º - Wesley Martins de Araújo, o Gorilinha, de 18 anos, foi alvejado com vários disparos de arma de fogo calibre 9 mm, na noite do dia 25 de julho, em uma “Jantinha” no Residencial Ipê.

12º - Thaiwan Gabriel de Freitas Camargo, de 17 anos, foi alvejado com 04 disparos de arma de fogo calibre 380, dentro de sua casa na noite do dia 30 de julho.

13º - Luiz Felipe de Jesus França, 21 anos, morto com um tiro na cabeça na noite do dia 23 de outubro, na Rua 35 Norte, Bairro São Cristóvão.

14º - Maycon Murilo Siqueira, de 20 anos, morto a tiros na noite do dia 24 de outubro, na Rua 36, Bairro Parque Araguaia.

15º - Paulo Henrique Gomes Sousa, de 25 anos, morto a tiros na noite do dia 01 de novembro, no Residencial Ipê.

16º - Adelvanes de Souza Marques, de 25 anos, foi morto a tiros enquanto caminhava ao lado de um amigo em direção a uma farmácia, no Bairro Dona Fíica, no dia de 03 de novembro.

#EmGoianésiahomemmorreesfaqueadoaodefenderm

Campanha-covid-saude-estado01.gif
GIF-JARAGUA-ATUALIZADO.gif
petro-arabe2-17-8.gif

By R2 Soft - © 2016 Folha de Jaraguá