• Folha de Jaraguá

Incêndio criminoso atinge o Galpão da EcoVip, empresa que recolhe retalhos em Jaraguá


Foi registrado na madrugada de domingo, 29 de setembro, um incêndio de grandes proporções em um depósito de retalhos de tecidos de confecções na Av. Bernardo Sayão, na região da Vila São José em Jaraguá. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a corporação foi acionada por volta das 3h25 da manhã e tiveram muito trabalho para controlar as chamas. Grande parte de tudo que estava no galpão se perdeu. O autor do crime foi preso.

De acordo com o repórter Dude Bill, o homem que colocou fogo nos retalhos foi preso, mas ainda não teve o nome divulgado. Após ter cometido o crime, ele comentou sobre o assunto com um dos familiares, que acabou lhe entregando para polícia, por considerar extremamente grave e errado o que fizera seu parente. Por outro lado, além dos retalhos que estavam estocados dentro do galpão, dezenas de sacos de restos de tecidos estavam expostos na calçada desde a última sexta-feira, 27.

A EcoVip é a empresa responsável pelo recolhimento dos retalhos de tecidos em Jaraguá, após medida judicial, baseada na nova legislação ambiental em que resíduos como tecidos, não podem ser jogados em aterros sanitários. Desse modo, Jaraguá que é um dos principais produtores de roupa do pais, abriu as portas para essa empresa receber os retalhos dos confeccionista e reciclar.

Já haviam muitas queixas de que a empresa não estava funcionando todos os dias e muitos empresários estavam sem saber onde deixava o material produzido. A expectativa é de que se a empresa for realmente continuar no município, após esse incêndio, que de fato ela seja mais profissional e tome os devidos cuidados para que essa situação não se repita.

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS

By R2 Soft - © 2016 Folha de Jaraguá