• Folha de Jaraguá

Delegado emite nota de esclarecimento sobre morte de preso na Delegacia de Jaraguá


NOTA DE ESCLARECIMENTO – “Sobre a infeliz e triste morte do cidadão que passou mal na Delegacia de Polícia de Jaraguá na noite passada (sexta-feira, 27 de setembro), acabei de falar com o perito chefe do Instituto de Criminalística de Goianésia e ele me assegurou, após a necropsia, que se trata de morte a esclarecer. Que não ficou constatado que a morte se trata de qualquer lesão externa e que não há nenhum indício de lesão corporal externa ou tortura. Colheram material do cidadão para uma análise mais pormenorizada”.

“A Polícia Civil ainda ressalta que não admite qualquer abuso ou tortura por quem quer que seja. Reafirmando que no caso em epígrafe, não restou configurado nem lesão corporal, muito menos tortura e o IML está tratando como morte a esclarecer. De toda forma, é obrigação da Polícia Civil instaurar o inquérito policial para apurar os fatos, o que já foi feito” diz. Glênio Ricardo, Delegado da Polícia Civil de Jaraguá.

APOIO

A advogada Jeanne Raquel, manifestou apoio a Polícia Civil pelas redes sociais. “Eu, advogada criminal, atuante nesta cidade, que frequento diuturnamente está Delegacia de Polícia Civil, confio e admiro o Delegado Dr. Glênio e toda sua equipe, e assevero que jamais fariam ou admitiriam que fizesse qualquer tipo de tortura ou algo similar com presos que estão sob sua custodia” afirmou.

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
Campanha-covid-saude-estado01.gif
GIF-JARAGUA-ATUALIZADO.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS

By R2 Soft - © 2016 Folha de Jaraguá