• Folha de Jaraguá

Juiz de Jaraguá, Liciomar Fernandes ouve presos após reclamação de comida


O juiz da comarca de Jaraguá, Liciomar Fernandes, esteve na terça-feira, 13 de agosto, visitando os presos da nova unidade prisional, próxima ao Parque Estadual Ecológico da Serra de Jaraguá, após reclamação sobre a comida. Em entrevista a Rádio Sucesso FM, o magistrado, disse que os reeducando não almoçaram, alegando que a comida estava sem tempero e o sabor não era agravável. “Estive no local, comi da mesma comida e realmente faltava tempero, acionei o responsável para corrigir o problema. Mas não havia motivos para qualquer tipo de interrupção da alimentação” disse.

Na avaliação do juiz, ao reclamar da comida, os presos queriam na verdade, que familiares levem a comida para eles, o que, em muitos casos é usado como desculpa para adentramento de drogas, celulares e bebidas, como ocorria na cadeia antiga.

“Hoje nessa nova unidade prisional, que é modelo para o Estado de Goiás, não passa nada. A comida é entregue aos presos pelos agentes, não há tomadas nas celas para carregar celular ou qualquer outro aparelho, às lâmpadas são de baixa voltagem e lá se cumpre o que preconiza a lei de execuções penais e eles estão sentido falta de acesso a celulares e a outras situações” disse.

Liciomar Fernandes, ainda destacou que não há superlotação e que os presos seguem o cronograma de ressocialização, sem nenhuma interferência externa. “Foi solicitado pelos presos ventiladores nas celas, vamos averiguar essa necessidade junto a um técnico em segurança em presídios. No momento em que eu estava lá, não vi necessidade, mas vamos avaliar” frisou. Finalizando o magistrado, disse que no jantar, a comida estava normal e as reclamações cessaram.

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
Campanha-covid-saude-estado01.gif
GIF-JARAGUA-ATUALIZADO.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS

By R2 Soft - © 2016 Folha de Jaraguá