PATROCÍNIOS
  • Folha de Jaraguá

Gracinha Caiado acerta repasses do Ministério do Turismo para o Caminho de Cora


Após percorreram trechos do Caminho de Cora e visitarem Jaraguá, nessa semana, a Primeira-Dama Gracinha Caiado e o presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral, anunciaram que haverá investimentos na rota turística. De acordo com o Jornal O Popular, trata-se de desdobramento de reunião no Ministério do Turismo onde ficaram acertados repasses para melhorar o percurso de mais de 300 quilômetros que liga Corumbá a Goiás, passando por Pirenópolis, São Francisco e Jaraguá.

Durante passagem por Jaraguá, a Primeira Dama do Estado de Goiás, foi recepcionada pelo Prefeito Zilomar Oliveira acompanhado da Primeira Dama Rubia Oliveira. Em café da manhã na Casa de Cultura Padre Silvestre, Gracinha Caiado, falou da importância do Caminho de Cora para fortalecimento do turismo regional, envolvendo os aspectos religiosos, cultural, gastronômico entre outros.

No município, Gracinha Caiado também esteve no Parque Estadual Ecológico da Serra de Jaraguá, onde conheceu a rampa de parapente, ela esteve acompanhada também de pilotos e diretores da Goiases Parapente Clube. A primeira dama ainda passou pelas trilhas do Caminho de Cora em trajeto de mais 3 km e se disse encantada com as belezas naturais de Jaraguá. Ela terminou a vista no Distrito de Alvelândia.

O QUE É O CAMINHO DE CORA?

O Caminho de Cora Coralina é uma trilha de longo curso, com seus 300 km de extensão, conecta diferentes municípios e unidades de conservação. O percurso se inicia no leste goiano no município de Corumbá de Goiás e parte em direção a Área de Proteção Ambiental da Serra Dourada localizada na Cidade de Goiás.

Conecta a APA da Serra Dourada à APA que circunda o Parque Estadual dos Pirineus, em Pirenópolis, passando pelo Parque Municipal da Estrada Imperial e pelo Parque Estadual da Serra do Jaraguá. Possui 302 km de extensão e envolve outras localidades além das já citadas, como os municípios goianos de São Francisco de Goiás, Jaraguá, Itaguari, Itaberaí, além de oito povoados.

As diferentes cidades que compõe o trajeto são dotadas de alto valor histórico e cultural e representam pequenos pólos gastronômicos, artísticos, de ecoturismo e lazer. A rota era utilizada por bandeirantes em busca de riquezas durante o período colonial.

O nome da trilha é uma homenagem à escritora Cora Coralina, nascida na Cidade de Goiás, onde viveu boa parte de sua vida. Trechos de suas poesias estão gravadas ao longo do percurso. A trilha foi inaugurada em abril de 2018 e foi dividida em 13 trechos que podem ser percorridos em períodos médios e curtos.

#GracinhaCaiadoacertarepassesdoMinistériodoT #GracinhaCaiado

Campanha-covid-saude-estado01.gif
GIF-JARAGUA-ATUALIZADO.gif
petro-arabe2-17-8.gif

By R2 Soft - © 2016 Folha de Jaraguá