PATROCÍNIOS
  • Folha de Jaraguá

Valdeni Galinha diz que ENEL fornece energia fora dos níveis de tensão adequados para Jaraguá


O vereador Valdeni Galinha (PSD), que desde 2018 vem cobrando os números sobre a cobrança da taxa de iluminação pública de Jaraguá, elogiou o promotor de justiça, Everaldo Sebastião de Souza, pela investigação anunciada para saber o que se arrecada e onde se gasta o dinheiro cobrado da população. Porém, preocupado com a qualidade da energia que chega às residências, ao comércio e indústria, o vereador enviou oficio ao Presidente da ENEL, Abel Alves Rochinha questionando quais medidas estão sendo tomadas.

No oficio o vereador, que é ex-funcionário da CELG, afirma que há vários anos Jaraguá vem enfrentando problemas quanto à qualidade da energia elétrica, principalmente quanto aos níveis tensão entregue pela concessionária aos clientes. “Nossos empresários estão acumulando prejuízos com constantes queimas de equipamentos e assessórios elétricos devido ao sobreaquecimento ocasionado pelos baixíssimos níveis de tensão entregues pela ENEL” afirma.

Valdeini Galina frisa que o problema não é pontual, pois acontece diariamente em toda a cidade, principalmente em horário comercial. “Temos uma variação muito grande de energia elétrica fornecida pela ENEL, chegando ao absurdo de 178V (mínimo) até 200v (máxima) para um tensão de fase de 308v (mínimo) até 340 (máximo) para tensão de linha. A ENEL está atendendo a população níveis extremamente críticos de tensão elétrica” argumentou.

Alguns empresários, para amenizar os prejuízos e perdas estão instalando transformadores particulares exclusivos para sua propriedade, mesmo assim, esbarram na burocracia estabelecida pela ENEL, que não resolve o problema e nega a emissão de documentos de liberação de carga. Para o vereador, a solução seria mais investimentos, como a comutação de TAP no transformador de força da Subestação com o objetivo de aumentar os níveis de tensão na barra SE. “Hoje a Subestação se encontra em regime permanente de sobrecarga. Pedimos também melhorias na distribuição coletiva e ainda não tivemos resposta” diz o vereador.

Valdeni Galinha disse que aguardará por duas semanas uma resposta do Presidente da ENEL, Abel Alves Rochinha. “Caso contrário, vou acionar o Ministério Público, vou pedir o apoio do promotor de justiça, Everaldo Sebastião de Souza para que juntos possamos defender a nossa cidade. Não podemos perder empresas e comerciantes para outras cidades por falta de investimento da ENEL. Todos nós pagamos muito caro as nossas contas de energia e é responsabilidade da empresa fazer esses investimentos” concluiu.

#ValdeniGalinhadizqueENELforneceenergiafora

MIDIA_FOLHA_DE_JARAGUÁ_01.png
GIF-JARAGUA-ATUALIZADO.gif
petro-arabe2-17-8.gif

By R2 Soft - © 2016 Folha de Jaraguá