PATROCÍNIOS
  • Folha de Jaraguá

Justiça dá prazo de 48hs para Prefeito Zilomar Oliveira pagar o Transporte Escolar


O poder judiciário deu prazo de 48 horas para o Prefeito de Jaraguá, Zilomar Oliveira (PSDB) para restabelecer o Transporte Escolar sob pena de multa pessoal de 5.000 reais por dia, incidente no patrimônio pessoal do prefeito, referente a cada aluno que ficar sem aula. O problema se arrasta desde o final de 2018, quando o governo estadual deixou de repassar os recursos ao município e por consequência à prefeitura, também não cumpriu com sua parte, acarretando atrasos que levaram a paralisação no inicio da semana e a ação proposta pelo ministério público.

Antes da ação judicial, os promotores abriram prazo e mais prazos para que o problema fosse resolvido, foram feito acordos que não foram cumpridos. Por outro lado, o Prefeito Zilomar Oliveira (PSDB), alega são quase 500 mil reais em atraso do Governo de Goiás, para com a Prefeitura de Jaraguá e que o valor em aberto para cumprir o acordo com os transportadores seria de algo entorno de 350 mil reais.

Na decisão a juíza Nina Sá Araújo, também afirma que deverá ser feita a reposição de aulas perdidas em função da greve. Caso em 48 horas as aulas não seja restabelecidas para os alunos transportados, que seja, em caso de descumprimento, requer o bloqueio de verbas públicas nas contas da prefeitura no valor de 300 mil reais.

#Justiçadáprazode48hsparaPrefeitoZilomarOli

midia02.png
GIF-JARAGUA-ATUALIZADO.gif
petro-arabe2-17-8.gif

By R2 Soft - © 2016 Folha de Jaraguá