• Folha de Jaraguá

Para não deixar Jaraguá, Laticínio Fleury irá propor a Prefeitura à compra da área da Goiamido


O Laticínio Fleury tornou pública na quarta-feira, 20 de fevereiro uma proposta de compra da área da Goiamido. Essa situação já era de conhecimento de várias autoridades, mas só agora foi revelada para a sociedade, o empresário Arnaldo Fleury precisa expandir os seus negócios diante do crescimento do mercado de produtos derivado do leite e pretende fazer novos e vultosos investimentos para atender a outras regiões do país. “Não temos dificuldades de vender e receber. O que nós falta é a capacidade de aumentar a produção, por isso é um momento crucial para a minha empresa” disse.

Com proposta de pelo menos 10 municípios para deixar Jaraguá e transferir a sua produção, o empresário reluta em sair da terra onde iniciou seus negócios. Porém se a compra da área da Goiamido não avançar, ele afirma que dessa vez vai abrir o coração para outras propostas. “Não quero que a prefeitura me doe o terreno, eu quero comprar. Com o recurso o município poderá sanear suas dividas ou investir para atrair outras empresas para a região da própria Goimiado, afinal de contas, lá são 11 alqueires. Essa será a última tentativa que vamos fazer com as autoridades daqui” frisa.

Atualmente a área da Goiamido está destinada a uma montadora de veículos, que há mais de um ano não saiu do papel. E agora podem destinar a área para uma indústria têxtil, porém em todas as situações, o município está fazendo a cessão de uso. A Procuradoria Geral do Município enviou projeto de lei e a câmara deverá mudar a destinação da área transformando em Parque Agroindustrial, o que se aprovado, poderá facilitar a instalação de diversas empresas na região e até mesmo possibilitar a comercialização de áreas.

Na hipótese do Laticínio Fleury deixar Jaraguá os prejuízos para a cidade podem ser incalculáveis. São quase 150 empregos diretos, outros 50 indiretos e mais de 1 mil produtores rurais como clientes. A empresa é a que mais paga imposto em Jaraguá, está entre os 500 maiores contribuintes do Estado e é o 3º laticínio de Goiás. “Se vier a sair de Jaraguá é por necessidade de crescer, eu preciso com urgência, no mínimo dobrar minha capacidade de produção e onde eu estou cheguei ao meu limite. Minha indústria está dentro da cidade, existe uma série de transtornos e não há espaço físico” ponderou Arnaldo.

NOTA DO LATICÍNIO FLEURY

A empresa Laticínios Fleury, tem 28 anos de história em Jaraguá, ao longo dos anos foi se consolidando no mercado em todo o Brasil, atingindo um patamar jamais esperado, representando também um zona de captação de leite com mais mil produtores rurais distribuídos em 31 cidades goianas, trazendo matéria prima diariamente, chegando num montante de mais de 7 milhões de litros de leite mensais beneficiados em Jaraguá.

O Governo do Estado de Goiás publicou nessa semana a lista dos maiores contribuintes de ICMS, onde o Laticínio Fleury ficou neste seleto grupo, com um dos maiores faturamentos, ficando em terceiro lugar em seu segmento, uma marca histórica, tal dado pode ser comprovado no site dos SEFAZ-GO.

Mesmo com todo esse sucesso, o proprietário da empresa vê em seus quadros a necessidade de crescer ainda mais, gerar mais emprego, mais renda, mais arrecadação, o que o coloca numa situação que tenha que decidir entre permanecer na cidade ou aceitar dentre a multidão de ofertas de benefícios fiscais e arranjos produtivos de outras cidades, mas sempre no esforço de permanecer em Jaraguá, tal como no ano de 2016. Quando Arnaldo da Fleury reuniu-se os vereadores, prefeito e deputado afim ser o cessionário da área que antes foi destinada a Goiamido, o que ficou a mercê no tempo sem viabilidade.

Mais tarde o mesmo obteve um apoio positivo e expresso do representante do ministério público, Everaldo Sebastião de Souza em viabilizar aquela área, mas houve uma resposta negativa por parte do Prefeito Zilomar Oliveira e dos membros da câmara, que optou por uma empresa automobilística que nunca saiu do papel, ficando apenas na expectativa como foi à própria Goiamido entre outras.

Com isso levanta-se uma discussão, viver sempre no marasmo de possíveis empresas oportunistas que nunca concretizam o investimento. Visto isso o empresário Arnaldo Fleury se propôs não em ganhar, mas comprar aquela área que além de gerar a multiplicação do investimento no município, gerará o bônus da compra que poderá ser revertido em obras para a cidade e contribuir com o desenvolvimento socioeconômico da região, viabilizando para uma empresa jaraguense, consolidada que é grande, que poderá dobrar sua capacidade em todos os sentidos. Tal perca só será percebida pela população após tal possível mudança.

Link dos Maiores Contribuintes do Estado de Goias em 2018: http://www.sgc.goias.gov.br/upload/arquivos/2019-02/maiores_do_icms_oficial_2018.pdf

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS

© Copyright 2006 - 2021 Folha de Jaraguá