• Folha de Jaraguá

Prefeito não cumpre acordo com promotores e parte dos aposentados estão sem receber


No início de novembro 2018, parte dos salários de agosto, setembro e outubro dos aposentados e servidores públicos municipais de Jaraguá, estavam atrasados. Os consignados em aberto com os bancos, além do 13º dos aposentados e pensionistas. Coube ao Ministério Público intervir para evitar o calote ao funcionalismo, em uma reunião foi assinado um acordo entre o Prefeito Zilomar Oliveira e os promotores, onde constava que nos primeiros dias de janeiro tudo seria pago.

Porém no inicio de janeiro, pediram ao Ministério Público, mais um prazo, ficando para o dia 20 o pagamento de todas as dividas com os servidores referentes a 2018. Usando a diplomacia os promotores concederam o prazo, afirmando que essa era a data fatal (improrrogável) a quitação. No entanto no dia 22 de janeiro, um grupo de 45 aposentados denunciou nas emissoras de rádio que eles não haviam recebido, bem como alguns comissionados.

A promotoria de justiça solicitou a Prefeitura de Jaraguá, um relatório sobre os pagamentos, para ser apresentado na quarta-feira, 23 de janeiro, porém os representantes da prefeitura, alegando problemas pessoais, pediram mais um dia de prazo, que foi concedido pelo Ministério Público, para ser explanado na quinta-feira, 24 de janeiro.

Na sexta-feira, 25 de janeiro, em entrevista a Rádio Líder FM, o promotor de justiça, Everaldo Sebastião, informou que foi apresentado um relatório que será analisado pela equipe do Ministério Público e que o Prefeito Zilomar Oliveira, voltou a pedir mais um prazo até a próxima terça-feira, 29 de janeiro, para quitar o que está em aberto com aposentados e comissionados.

Em nota a direção da PREVI Jaraguá, informou que ainda a restos a pagar “Pagamos mais 51 mil ontem, (24/01) de folha de pagamento. Agora só restam 88 mil reais referentes às letras D e E são 33 pessoas. Estamos aguardando o repasse do FUNDEB. Os consignados foram todos pagos referentes aos meses de novembro e dezembro”

Fica a pergunta, se o Prefeito Zilomar Oliveira, mesmo a prefeitura recebendo 10 milhões em dezembro de 2018, descumpriu o prazo que ele próprio pediu ao Ministério Público e se não cumpre acordo com os promotores, vai conseguir cumprir as promessas de campanha com a população?

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS
midia-top-2020.gif