• Folha de Jaraguá

Delegado esclarece disparos efetuados pela Polícia Civil no Jardim Primavera


Jaraguá vive dias difíceis também na área de segurança pública, o ano começou com um grande derramamento de sangue, seis assassinatos em pouco mais de duas semanas. É natural que a sensação de medo tenha tomado conta da população, que fica apavorado com qualquer informação circula pelas redes sociais.

Na noite de terça-feira, 22 de janeiro, enquanto ocorria um motim na Unidade Prisional de Jaraguá, circulava nos grupos de WhastApp, que havia ocorrido disparos de arma de fogo no Jardim Primavera. Muitas pessoas já começaram a ligar para os filhos que estavam na rua preocupados com a situação.

Para acalmar os ânimos, o Delegado Glênio Ricardo também utilizando as redes sociais fez uma postagem esclarecendo os fatos, uma vez que a polícia está fazendo um trabalho silencioso de investigação.

NOTA

A título de informação e para não causar ainda mais pânico na cidade, realmente ocorrera disparo de arma de fogo no Setor Primavera horas antes. Foi efetuado por policiais civis de Jaraguá em serviço, os quais, obviamente, estavam amparados legalmente. A depender do nível de reação do marginal contra a força de segurança, a arma de fogo será usada sim, e muito bem usada. Por fim, informo que nenhuma pessoa foi atingida. O desenrolar do serviço será mantido em sigilo, pois não se findou. Detalhe: os policiais trabalhando fora do expediente e com o SALÁRIO ATRASADO. Grato.

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
Campanha-covid-saude-estado01.gif
GIF-JARAGUA-ATUALIZADO.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS

By R2 Soft - © 2016 Folha de Jaraguá