PATROCÍNIOS
  • Folha de Jaraguá

Só o pagamento de setembro não resolve o problema do transporte escolar de Jaraguá


Após intervenção do Ministério Público, no último dia 18 de janeiro, houve uma reunião, onde se encontraram o Prefeito Zilomar Oliveira (PSDB), sua assessoria e os promotores de justiça, para buscar um acordo para o pagamento do transporte escolar, atrasado desde setembro de 2018.

Esses profissionais do transporte, estavam em petição de miséria e sendo esnobados pelos representantes da Prefeitura de Jaraguá, se não fosse os promotores, nada teria ocorrido. Porém como a decisão do pagamento é parcial, com a quitação apenas do mês de setembro, o valor pode não ser suficiente para manter o serviço nas próximas semanas.

Na segunda-feira, 21 de janeiro, um transportador escolar, reclamou que o atraso de quatro meses, descapitalizou a grande maior dos prestadores de serviço. “Nossa situação continua sendo de penúria. Eles pagaram o restante de setembro, mais não da pra fazer nada, falta outubro, novembro e dezembro” frisou.

A Secretaria Municipal de Educação informou no entanto que tudo só voltará a funcionar normalmente a partir de quarta-feira dia 23 de janeiro de 2019, pois devido ao acordo fechado com os representantes do transporte escolar, os proprietários das linhas solicitaram esse tempo para que seja feita a manutenção e revisão dos referidos veículos da frota terceirizada. Resta saber se eles terão dinheiro para abastecer.


MIDIA_FOLHA_DE_JARAGUÁ_01.png
GIF-JARAGUA-ATUALIZADO.gif
petro-arabe2-17-8.gif

By R2 Soft - © 2016 Folha de Jaraguá