PATROCÍNIOS
  • Folha de Jaraguá

Criança de 7 anos morre baleada durante brincadeira, em Carmo do Rio Verde


Luís Felipe Ribeiro, de 7 anos, morreu na tarde desta segunda-feira (12), no Hospital de Urgências Governador Otávio Lage (Hugol), em Goiânia. A criança ficou gravemente ferida após ser alvejada por um disparo de uma espingarda na noite deste sábado (10), em Carmo do Rio Verde, região central de Goiás.

De acordo com a Polícia Civil (PC), o menor brincava com outras crianças quando uma delas pegou a arma que estava exposta no local e acabou disparando contra o garoto. O caso ocorreu na casa do padrinho da vítima.

Investigações

Segundo a Polícia Civil, o padrinho do menino pode responder pelos crimes de omissão de cautela e posse irregular de arma de fogo. De acordo com o delegado responsável pela investigação, Matheus Costa Melo, logo após o acontecimento, o padrinho fugiu para sair do flagrante e se apresentou na delegacia na cidade na tarde de segunda-feira (12).

“Durante o depoimento ele realmente relatou que a arma foi reformada por ele e que ficava em cima de uma mesa no quarto que funciona como um depósito. Ele também relatou que não mora com crianças em casa e que no momento do disparo não estava na residência”, explica o delegado.

De acordo com o advogado Gean River Lopes, que representa o dono da arma, o padrinho da criança está ciente da imprudência cometida. “Ele sabe que devia ter guardado a arma em um local mais seguro, mas está muito sentido com toda essa situação. Ele era muito próximo da família, a criança era como um filho para ele”, disse.

Entenda o caso

Segundo informações do delegado, a criança havia chegado na casa junto com o pai para comemorar o aniversário do padrinho. Ao chegar na residência, o pai do garoto e o dono da arma saíram para buscar a mãe do menor.

Enquanto isso, o menino ficou ficou aos cuidados da esposa do responsável pela arma. Ele brincava com outras duas crianças, uma de 10 e outra de 2 anos, no depósito. Durante a brincadeira, eles teriam manuseado a espingarda, momento em que houve o disparo que acertou o rosto do menino.

A companheira do padrinho da vítima que escutou o disparo e encontrou o menor ferido no quarto. O socorro foi prestado pelo próprio padrinho. Ele levou a criança para uma unidade de saúde em Carmo do Rio Verde.

Posteriormente Luiz foi conduzido para a Unidade de Pronto Atendimento de Ceres. Após receber os primeiros atendimentos, o garoto foi transferido para o Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol).

#Criançade7anosmorrebaleadadurantebrincadeir

MIDIA_FOLHA_DE_JARAGUÁ_01.png
GIF-JARAGUA-ATUALIZADO.gif
petro-arabe2-17-8.gif

By R2 Soft - © 2016 Folha de Jaraguá