PATROCÍNIOS
  • Folha de Jaraguá

Polícia Civil de Jaraguá elucida e prende os autores da morte do músico José Robson


A Polícia Civil de Jaraguá anunciou na quarta-feira, 27 de junho, que elucidou e prendeu os autores da morte do músico José Robson Rodrigues Leite, assassinado no dia 30 de março, no final da noite, no Setor Regina Parque. Dois indivíduos efetuaram disparos de arma de fogo em sua direção e dois dos disparos atingiram a vítima, sendo um na cabeça e o outro no abdômen. Os criminosos de acordo com a polícia civil são Guilherme Moraes Campos Passos e Diego Pereira Neres.

Os autores estavam furtando uma residência que fica bem próxima da residência do sogro de José Robson e, então, ao notarem que foram observados, correram em direção a casa e, fria e covardemente, efetuaram vários disparos de arma de fogo e ceifaram a vida da vítima. Não satisfeitos, ainda atiraram em direção à motocicleta da vítima que pegou fogo. Em seguida foram embora sem subtrair nada.

José Robson, também conhecido carinhosamente por Zezé, não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. Era uma pessoa do bem e tinha acabado de sair da igreja quando foi assassinado. A morte de José Robson abalou toda a cidade e, somado a outros crimes violentos, motivou uma audiência pública.

As testemunhas oculares informaram que os autores do bárbaro crime usavam balaclavas (capuz). Imediatamente a Polícia Civil entrou em ação e começou a investigar o crime de sangue, muito embora se tratava de uma investigação complexa, pois os autores usavam balaclavas. Após dezenas de diligências, na quarta-feira, 27, a Polícia Civil de Jaraguá finalizou o Inquérito Policial e conseguiu identificar e qualificar os autores do crime hediondo.

São eles Guilherme Moraes Campos Passos e Diego Pereira Neres. Além dos dois crimes (o furto e o homicídio), ambos são suspeitos da prática de vários outros crimes cometidos nesta urbe. “Acreditam piamente na impunidade e desafiam as forças policiais. Na fotografia acima, eles tiraram uma selfie no momento em que furtavam a casa de pessoas de bem da cidade. Ambos já estão presos e estão a disposição do Poder Judiciário” frisou o delegado Glênio Ricardo.

#PolíciaCivildeJaraguáelucidaeprendeosautor

Campanha-covid-saude-estado01.gif
GIF-JARAGUA-ATUALIZADO.gif
petro-arabe2-17-8.gif

By R2 Soft - © 2016 Folha de Jaraguá