PATROCÍNIOS
  • Folha de Jaraguá

Assaltantes de banco morrem em confronto com a polícia em Carmo do Rio Verde


Três homens morreram, após confronto policial na cidade de Carmo do Rio Verde, durante tentativa de explodir caixas eletrotônicos. O flagrante só foi possível graças ao trabalho do serviço da inteligência da Polícia Militar e do Grupo Antirroubo a Banco (Gab), da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic) que ficou responsável pelo caso.

De acordo com a polícia se tratava de uma quadrilha especializada em roubo de bancos e já há alguns meses passou a ser monitorada pelos policiais, que montaram uma estratégia para fechar seis cidades onde o bando poderia agir na madrugada de domingo, 25 de março. . O bando de criminosos foi descoberto após investigação do GAB. Foi descoberto que os criminosos poderiam atual em pelo menos seis agências bancárias para assalto, arrombamento, ou explosão — ia depender da situação que encontrassem no dia programado para ataques. . Os criminosos tinham um poder bélico muito evoluído, e um alerta de cautela redobrada foi dado aos policiais que estavam a frente dessa ação. Os bandidos poderiam agir em Itaguari, Itaguaru, Taquaral, Uruana, Ceres, Rialma e Carmo do Rio Verde, segundo informou o comandante do Batalhão de Rondas Ostensivas Táticas Metropolitana (Rotam), major Durvalino Câmara, que programou em conjunto com o GAB uma estratégia para que policiais estivessem em todas essas cidades de tocaia. . Já eram 3 horas da manhã de domingo, 25, quando os bandidos chegaram à Carmo do Rio Verde para assaltar a agência do Banco do Brasil. Os policiais foram fazer uma abordagem, e de imediato os criminosos começaram a atirar nas equipes. Uma intensa troca de tiros foi registrada. Três homens ainda não identificados pelas autoridades levaram a pior e morreram na hora. Dois foram presos.

O delegado contou que eles eram cerca de sete pessoas, inclusive um casal de Ceres está envolvido que estaria dando apoio ao assalto na referida agência. O casal foi preso. Foram apreendidas armas de grosso calibre, dentre elas, um fuzil. Um VW Parati placa de Jaraguá e um VW Saveiro Cross placa de Anápolis envolvidas no roubo foram apreendidas e encaminhadas para Ceres. No porta-malas da Parati, a polícia encontrou objetos que possivelmente seriam utilizados no roubo.

#Assaltantesdebancomorrememconfrontocomapol

BANNER-SITE-300x600-ANIMADO.gif
GIF-JARAGUA-ATUALIZADO.gif
petro-arabe2-17-8.gif

By R2 Soft - © 2016 Folha de Jaraguá