• Folha de Jaraguá

Agentes contém princípio de rebelião na Unidade Prisional de Jaraguá


No sábado, 24 de janeiro, foi registrado o início de um motim na Unidade Prisional de Jaraguá, segundo informações, os presos que cumprem pena na cela de isolamento, ficaram insatisfeitos com a determinação de trancar todos os presos "cela livre" que eram suspeitos de estar repassando objetos ilícitos para dentro da carceragem.

Os amotinados conseguiram arrancar a grade com as próprias mãos e danificar toda a cela. A Policia Militar foi acionada e feita a contenção até a chegada do Diretor Caio, que determinou o adentramento pelos agentes e da PM para conter o principio de rebelião.

Todos os presos envolvidos vão responder por dano ao patrimônio público, resistência, desobediência e motim.

OPERAÇÃO

Também no final de semana foi realizado um procedimento de intervenção e revista minuciosa na Unidade Prisional de Jaraguá, na busca de saturar eventuais materiais e/ou objetos de uso não permitido dentro do ambiente prisional.

A operação foi coordenada pelo Diretor Caio com o apoio do Grupo de Operações Penitenciárias GOPE e Agentes da casa de onde, foi logrado exito de retirar alguns objetos ilícitos de dentro da carceragem.

Por determinação superiores da DGAP na mesma ocasião todos os "celas livres" presos que prestam labores na área externa, foram retornados para o cárcere pois, após diligências e serviço de inteligência foi descoberto na cela dos mesmos, um fundo falso na parede que dava acesso à um ginásio de futebol, suspeita-se que por esse local, entrava drogas, armas e celulares, que posteriormente era repassado para os demais presos.

Com informações, Dude Bill e Leônidas Camargo

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS

© Copyright 2006 - 2021 Folha de Jaraguá