• Folha de Jaraguá

Promotor ouve alunos de São Francisco que teriam sido impedidos de fazer Prova Brasil


De acordo com jornal O Popular, o promotor de Justiça Everaldo Sebastião de Sousa, da comarca de Jaraguá começou a ouvir os estudantes do 9º ano do ensino fundamental e do 3º ano do ensino médio do Colégio Estadual Antônio Ferreira Rios, em São Francisco de Goiás, que teriam sido separados dos colegas durante a Prova Brasil, no último dia 25 de outubro.

Quatro estudantes já conversaram com o promotor, mas pelo menos 11 alunos afirmam que foram levados para uma sala separada e que receberam uma prova diferente da aplicada aos demais.

Eles acreditam que foram separados por conta da capacidade de resultados nessa prova, já que a nota da escola no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) é calculado a partir dessa avaliação.

O promotor afirmou que já solicitou as provas à direção da instituição de ensino e que também deve ouvir a diretora da unidade, Rosemeire Bessa.

Caso sejam comprovadas as afirmações, deve ser instaurado um inquérito policial para a punição dos responsáveis. A Seduce informou que apura o caso junto à coordenação de aplicação da prova e à unidade escolar para tomar as devidas providências, além de aplicar as punições que se fizerem necessárias.

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS
750x250-px-covid-21.gif

© Copyright 2006 - 2021 Folha de Jaraguá