• Folha de Jaraguá

Universitário diz que prefeito não cumpre promessa e que município quer 45 mil dos estudantes


O estudante Thalis Avelar, representante de um dos ônibus da AUJA (Associação dos Universitários de Jaraguá) usou sua conta no facebook, para cobrar do Prefeito Zilomar Oliveira (PSDB) uma promessa feita aos universitários durante a campanha eleitoral de 2016.

De acordo com o estudante a promessa não está sendo cumprida e o pior, a prefeitura estaria cobrando um retroativo de 33 mil reais e mais uma mensalidade de 12 mil reais. Veja o texto que ele publicou.

NOTA (contextualizada)

“Quero aqui expor minha indignação e repúdio em relação à Prefeitura (no trato) com os estudantes universitários, que necessitam de transporte. Na época da campanha política, foi prometido pela atual gestão, que o transporte (universitário) teria apoio e que os associados não iriam arcar com nenhum valor em relação à ajuda fornecida pela prefeitura”.

PROMESSA. “A promessa foi feita; a atual gestão ganhou e assumiu a prefeitura. O transporte prometido (ônibus) foi fornecido, mas agora querem que os estudantes devolvam para a Prefeitura o valor gasto com o transporte. Alegam que a Prefeitura não tem condições de arcar com as despesas, que já foram realizadas pelo caixa do município com o fornecimento destes ônibus, prometidos durante a campanha”.

“Nós da Associação Universitária de Jaraguá – AUJA, temos uma enorme dívida moral com a prefeitura, pelos anos de apoio e parceria, mas agora estamos em uma situação bem delicada”.

“Houve no dia 02 de outubro de 2017, uma reunião entre representantes da AUJA e a Prefeitura; tendo (o promotor de justiça) Everaldo Sebastião de Souza como intermediador. Então a prefeitura nos avisou que se caso não pagarmos uma dívida no valor de R$ 33.000,00 eles vão cancelar o edital de fretamento de ônibus para a AUJA”.

“Este valor se refere aos meses anteriores à julho/2017. Uma dívida, que nunca foi acordada por escrito, nem sequer em guardanapo entre Prefeitura, AUJA e a Empresa terceirizada de ônibus. Na reunião ficou bem claro que a licitação entre Prefeitura e a Terceirizada de ônibus foi para fornecerem dois ônibus, os quais já viriam com motorista, combustível e o aluguel .

“Porém agora estão nos cobrando parte do valor da licitação, para repor o caixa da Prefeitura e se caso não pagarmos os 33 mil reais, será cancelado o contrato de licitação dos dois ônibus e também deveremos devolver o ônibus coletivo (amarelinho) da prefeitura e assim se encerrará a parceria AUJA-PREFEITURA”.

“Querem também o estorno de 6 mil para o caixa da prefeitura por cada ônibus licitado, ou seja, R$12.000,00 todos os meses. Para que a parceria possa continuar querem que sejam reduzidos os preços das mensalidades que atualmente está em R$180,00"

"O problema é o seguinte: A conta não fecha, pois cobramos R$180,00 mensais dos associados e a soma total líquida que recebemos no mês, não dá para pagar os 12 mil mensais para a prefeitura. Estão pressionando para abaixarmos o valor da mensalidade para que seja cumprida as promessas de campanha”

“Querem receber essa conta de 33 mil reais, que eles afirmam ser nossa e ainda estão nos cobrando e pressionando ferrenhamente a manter o ônibus (Sr. Isaac) que é o único de propriedade da AUJA; que não têm vínculo com a prefeitura”. “E aí, Prefeito Zilomar! O senhor já participou da AUJA, já foi um associado na época de sua graduação, época de crise aquela e agora temos outra. O senhor pode sentar junto com a gente e com suas habilidades de administração nos ajudar a fechar conta? Porque até o momento, nossos graduando em engenharia, direito, enfermagem, agronomia e etc.; não conseguimos fazer as contas de “adição e subtração” para que o resultado seja ZERO ou algum número positivo”.

Leia a nota no facebook na integra AQUI

AO LADO

Enviamos mensagem de áudio pelo whatsapp ao Secretário de Comunicação e Governo, que também é chefe do setor municipal de Transporte Escolar, Orlando Vieira Dorninger, solicitamos uma resposta em relação aos problemas apontados pelo universitário Thalis Avelar.

Orlando Vieira respondeu que estava com problemas para abrir o áudio, devido a internet ruim. Enviamos uma nova mensagem de texto e continuamos aguardamos uma resposta.

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
Campanha-covid-saude-estado01.gif
GIF-JARAGUA-ATUALIZADO.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS

By R2 Soft - © 2016 Folha de Jaraguá