• Folha de Jaraguá

Líder do prefeito na câmara questiona a AUJA “Para onde foram os 75 mil arrecadados?”


O principal debate na câmara municipal, durante a sessão do dia 03 de outubro, foi sobre a polêmica envolvendo a AUJA (Associação dos Universitários de Jaraguá) e a Prefeitura, depois de uma nota publicada pelo estudante Thalis Avelar.

O vereador Leirso Cordeiro (PSB), defendeu os universitários e lembrou que o Prefeito Zilomar Oliveira (PSDB), prometeu em campanha, zera as taxas para os estudantes. Já o vereador Roberto Moreira (PP), líder do prefeito, questionou a transparência nos gastos da AUJA, perguntando para onde foi o dinheiro arrecadado no primeiro semestre.

Roberto Moreira, disse que a gestão municipal quer transparência. “Nos três primeiros meses foram contratados dois ônibus do Alcindo de Anápolis, até hoje ele não recebeu, faltam ainda 30 mil para pagar. Nesses três meses nem combustível e motorista foram pagos pela AUJA, tudo foi pago pelo dono dos ônibus” disse.

E emendou “O outro ônibus “O Amarelinho” o motorista e combustível foram pagos pela prefeitura, as despesas da AUJA foi apenas com um ônibus. Com uma parcela de R$ 180,00, durante três meses, dariam 28 mil reais por mês. Durante três meses, descontados a inadimplência, vamos colocar que arrecadou 25 mil por mês, totalizando então 75 mil reais. Temos que saber, para onde foi o dinheiro?” questionou.

O vereador levantou suspeitas sobre a idoneidade financeira da AUJA e disse que a prefeitura quer que a instituição deposite um valor de contrapartida na conta do município que passará a pagar as despesas com os ônibus. Ele afirmou que isso foi acordado, mas não foi colocado na licitação. Roberto Moreira disse que dos quatro ônibus que levam os estudantes para Anápolis, três são custeados pela prefeitura e que mesmo assim os alunos continuam pagando as mensalidades.

Roberto Moreira foi além, nas críticas à direção da AUJA “Não é justo que a prefeitura pague as despesas desses três ônibus e a AUJA receba, para onde foi esse dinheiro? Eu acho que deve haver transparência e também acho que a qualidade do transporte nos últimos meses melhorou, basta ver os ônibus que estão transportando os universitários” argumentou.

DEFESA

Leirso Cordeiro lembrou ao líder do prefeito, dentro de um aparte, feito durante a fala do vereador Juninho Belo (PMDB), que a direção da AUJA anunciou a redução da mensalidade para R$ 150,00 mensais. “A instituição mantém dois ônibus com todas as despesas e um deles está sendo reformado completamente. Foi o que eles falaram na reunião” disse.

De acordo com Leirson Cordeiro, os universitários levaram a reunião que ocorreu no Ministério Público, as tabelas com a arrecadação e gastos da entidade “Foi apresentada a contabilidade dos meses de julho e agosto. Inclusive existe a informação de que eles pagam tributos e o 13º salário aos motoristas. Ajuda da prefeitura é importante para diminuir a taxa. Se não tiver a ajuda, a taxa deverá continuar em R$ 180,00” concluiu.

REUNIÃO

Está marcada para quarta-feira, 04 de outubro, às 11h uma reunião entre os representantes da AUJA com o Prefeito Zilomar Oliveira e os vereadores na Prefeitura, onde as acusações de parte a parte devem ser colocadas em pratos limpos. E claro, onde se espera que saia uma solução negociada e transparente.

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
Campanha-covid-saude-estado01.gif
GIF-JARAGUA-ATUALIZADO.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS

By R2 Soft - © 2016 Folha de Jaraguá