• Folha de Jaraguá

CELG aumentará tarifa de energia elétrica em 15% no mês de outubro


A conta de energia elétrica em Goiás deverá subir até 15% em média no mês de outubro, segundo informações do setor, no reajuste anual das tarifas da Celg D, o aumento poderia ser maior, mas a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) adiou para outubro de 2018 a primeira revisão tarifária da empresa depois de privatizada.

A CELG queria reajustar as tarifas em 21% mas ainda não teve a autorização. Os reajustes ordinários ocorrem todos os anos e levam em conta, além da inflação, diversos custos da concessionária, como variação de preços com a compra de energia elétrica de Furnas, por exemplo.

Já a revisão tarifária acontece a cada cinco anos para amortizar os investimentos da empresa, o que acarreta num aumento maior das tarifas. O pedido de adiamento da revisão foi feito pela própria Enel Brasil, que alegou precisar de tempo maior para uma apuração mais confiável dos ativos da Celg D. A multinacional italiana informou que tem investido R$ 360 milhões neste ano na rede de energia em Goiás.

Fonte (Coluna Giro/O Popular)

JARAGUÁ

Mal começou o período chuvoso e a energia elétrica em Jaraguá já apresenta instabilidade, desde o início da semana, já foram registradas mais de 20 interrupções temporária.

Moradores já relatam queima de equipamentos eletroeletrônicos em função do “pisca pisca” da energia elétrica. Nesses casos, os moradores devem registrar o fato com data e horário que coincidem com a queda de energia elétrica e procurar o PROCON.

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
BANDEIRAS-1-300x250px-B.gif
GIF-JARAGUA-ATUALIZADO.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS

By R2 Soft - © 2016 Folha de Jaraguá