• Folha de Jaraguá

Polícia elucida homicídio de outubro de 2016 e pede a prisão de dois irmãos acusados do crime


A polícia civil de Jaraguá informou à imprensa que elucidou mais um caso de homicídio, referente a 2016. A equipe do Delegado Glênio Ricardo, afirma que foram identificados os autores da morte que ocorreu no dia 08 de outubro de 2016, quando foi encontrada morta à pessoa de Lairson Francisco de Melo em avançado estado de putrefação em sua própria residência.

Havia a suspeita de crime de latrocínio, pois alguns pertences da residência da vítima haviam sido subtraídos. Lairson Francisco foi encontrado com sinais de que havia sido brutalmente assassinado, com cortes de facadas no pescoço. Na sequencia a Polícia Civil de Jaraguá instaurou Inquérito Policial para apurar os fatos.

De acordo com o Delegado Glênio Ricardo, após inúmeras diligências, chegou se as autorias. "Quatro pessoas participaram da prática deste repugnante e violento delito. Dois menores de idade e dois maiores" disse.

Os maiores são Sadrack Moreira da Silva e o seu irmão Thiago Moreira da Silva, ambos foragidos. O Inquérito Policial foi finalizado na manhã de quinta-feira, 24 de agosto e os irmãos, Sadrack e Thiago Moreira, foram indiciados pelas práticas dos crimes de latrocínio (artigo 157, § 3º do CPB) e corrupção de menor (artigo 244-B do Estatuto da Criança e do Adolescente).

A Polícia Judiciária representou pelas prisões preventivas de Sadrack e Thiago Moreira. O Delegado reafirmou que a banalidade que motivaram os fatos ainda choca. “O que causa espanto e indignação é que, neste fato, uma vida foi ceifada por causa de alguns objetos que não valem mais do que mil reais. Ainda, o que deixa a polícia estarrecida é que, infelizmente, não é raro, na cidade de Jaraguá e em qualquer outra cidade do país, a participação de menores na prática de crimes bárbaros como esse! concluiu.

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS

By R2 Soft - © 2016 Folha de Jaraguá