• Folha de Jaraguá

Por falta de provas robustas, júri popular absolve acusado do homicídio de Roque Lima


Roque de Souza Lima (o Roquinho)

Por unanimidade o júri popular, absolveu Jhoni Cabral, acusado de ter matado no dia 03 de março de 2014, Roque de Souza Lima (o Roquinho). O crime ocorreu em bar na Rua do Rosário, durante o período de carnaval.

O inquérito foi conduzido pelo então delegado titular da delegacia de Jaraguá, Werbet Leonardo. Passado três anos, haviam dúvidas sobre a autoria do crime e caso foi levado a júri popular, que entendeu que não haviam provas suficientes para condenar o acusado. Jhoni Cabral chegou a cumprir dois anos prisão.

Durante o julgamento a defesa alegou que não haviam provas robustas e a absolvição já era esperada. O inquérito feito pela polícia civil foi contestado, inclusive pelo representante do Ministério Público, que avaliou como fracas provas apresentadas nos autos. A família da vítima poderá recorrer da decisão, assim como o Ministério Público.

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS

© Copyright 2006 - 2021 Folha de Jaraguá