PATROCÍNIOS
  • Folha de Jaraguá

Polícia Civil elucida 50% dos homicídios de 2017, o último deles o de Zenaldo Pereira


A Polícia Civil de Jaraguá elucidou o 2º homicídio do ano, que ocorreu em 01 de abril de 2017, quando dois irmãos foram baleados e um deles morreu, Zenaldo Pereira Lemos, a segunda vítima Zeniel Pereira Lemos mesmo gravemente ferido, escapou. Quatro meses após ser instaurado o inquérito policial, o crime foi esclarecido pela equipe do Delegado Glênio Ricardo.

A polícia divulgou na quarta-feira, 09 de agosto, que conseguiu identificar, qualificar e prender dois suspeitos da prática dos delitos de sangue. São eles: Welder Martins Barbosa (vulgo Gordinho / Gordinho Moreno / Moreno Gordinho / Gordinho do Lavajato), Além de Breno Conceição de Oliveira (Vulgo Breninho / Breno Ratinho).

Por todos os elementos angariados nos autos, a Polícia Civil teve condições de indiciar Welder Martins e Breno Conceição pelas práticas dos delitos, inclusive, todas as testemunhas oculares, inclusive a vítima (que escapou) Zeniel Pereira, reconheceram, com toda certeza, a pessoa de Welder Martins como sendo o executor dos disparos de arma de fogo que causou a morte de Zenaldo Pereira.

Por outro lado, os álibis apontados por Breno Conceição não se confirmaram. Assim, Welder Martins e Breno Conceição foram indiciados pelos crimes de homicídio consumado, qualificado e por tentativa de homicídio qualificado.

Os dois já estão detidos no Centro de Inserção Social de Jaraguá. Também restou configurado nos autos que a motivação dos delitos foi oriunda de uma briga de trânsito ocorrida numa madrugada dias antes das práticas dos delitos.

ELUCIDADOS

Dos seis homicídios que ocorreram em 2017, agora já são três elucidados. Foi esclarecido o feminicídio, que ocorreu em janeiro no Residencial Olinda, sobre a morte da jovem Amanda Oliveira Marques, com a prisão de Valdison Freitas Moura Neto (20 anos) que confessou o ser autor do assassinato.

Foi elucidada a morte de um andarilho na Vila Isaura, morto a pauladas e tijoladas por outro andarilho, identificado como Jean Aparecido dos Santos. E agora foi esclarecida a morte de Zenaldo Pereira Lemos.

Ainda falta esclarecer as mortes do empresário Luiz Rogério Augusto da Costa, do comerciante Pedro Henrique da Silva Moreira (Basilão) e de Júlio César Aurora Monteiro, assassinado durante o encerramento da Festa no Distrito de Monte Castelo.

#PolíciaCivilelucida50doshomicídiosde2017 #FolhadeJaraguá #GlênioRicardo

MIDIA_FOLHA_DE_JARAGUÁ_01.png
GIF-JARAGUA-ATUALIZADO.gif
petro-arabe2-17-8.gif

By R2 Soft - © 2016 Folha de Jaraguá