By R2 Soft - © 2016 Folha de Jaraguá

PATROCÍNIOS
  • Folha de Jaraguá

Bruno Gouveia (Biquíni Cavadão) diz que sertanejo é modismo, mas que o jogo vai virar


O líder da Banda Biquíni Cavadão, Bruno Gouveia, em entrevista a Rádio Sucesso FM/Folha de Jaraguá, disse que é preciso admitir que o sertanejo domina o cenário musical brasileiro, porém disse que isso é um modismo que vai se dissipar com o tempo e acredita que o rock nacional irá ressurgir com novas bandas que ainda não são conhecidas do público. Ele rejeitou o título de música urbana para o rock e frisou que as pessoas gostam de música boa, independente se no campo ou na cidade.

Questionado sobre o que falta para o rock voltar com força ao cenário nacional, já que o estilo sobrevive apenas com os nomes remanescentes das décadas de 80 e 90, Bruno Gouveia, disse que existem grandes bandas fazendo um som novo. “Mas nós temos que admitir que existe um modismo vigente, que é o sertanejo e tudo mais. Teremos que saber esperar, o rock teve seu momento, em que tocava em todas as rádios e o sertanejo e outros estilos tocavam menos. É uma coisa cíclica, tenho certeza que quando mudar o “jogo”, a gente vai voltar com muita gente boa, gente nova que está fazendo um belo trabalho” ponderou.

Sobre o fato de fazer shows no interior de Goiás, estado, onde o sertanejo é predominante, Bruno Gouveia, disse que não faz distinção e frisou que gravou um DVD em Goiânia e a receptividade dos goianos o surpreendeu. “Gostamos da energia do público, isso independente dessa história. O rock não é urbano por excelência, as pessoas gostam do rock porque a música é boa e não porque ela é da cidade ou do campo e é isso que mostramos em Jaraguá” completou.

VÍDEO / ÁUDIO : Entrevista com BRUNO GOUVEIA, líder do Biquíni Cavadão, onde ele admite que o sertanejo domina o cenário musical brasileiro, mas afirma que esse modismo vai passar.

#BrunoGouveiaBiquíniCavadãodizquesertanejo

GIF-JARAGUA.gif
petro-arabe2-17-8.gif