• Folha de Jaraguá

GPT prende suspeitos de furtar carga de caminhão com peças de motos, após acidente na BR-153


Três pessoas foram presas suspeitas de furto a carga de um caminhão baú, que se envolveu em um acidente na BR-153. O furto ocorreu na madrugada de terça-feira, 30 de janeiro, entre Rialma e Rianápolis. O caminhão baú estava carregado com peças de motos. Segundo o GPT, um indivíduo que conduzia um Honda Civic de cor prata, chegou ao local, deixou o carro estacionado nas proximidades da rodovia e junto com outras pessoas teriam arrombado o baú.

O GPT relata que parte da carga de peças de motos, foi colocada em uma caminhonete, GM/Chevrolet (S10, prata). Os militares do GPT estavam na guarda do caminhão, quando a foram informados de um furto na agência dos Correios em Rianápolis. Momento em que os criminosos aproveitaram para furtar a carga.

De acordo com a polícia civil, a cidade de Rianápolis ficou sem comunicação, porque os criminosos teriam cortado os cabos que levam o sinal da operadora Claro ao município, dificultando o trabalho da polícia. Para facilitar o furto, os criminosos trancaram os PMs, fechando as saídas do pelotão da cidade.

Enquanto os polícias verificavam a denúncia de invasão dos correios, os criminosos voltaram a BR-153 onde estava o caminhão baú carregado de peças, dessa vez em um Chevrolet/Corsa Classic de cor preta para buscar o Honda Civic que haviam deixado para trás durante o furto.

Porém um pneu do Honda/Civic estava furado e os criminosos só perceberam próximo a Rialma, quando foram presos no pátio do Posto Barreto às margens da BR-153. Para não chamar a atenção, eles deixaram o veículo próximo ao acampamento dos Sem Terra e estavam tentando recuperar o pneu furado.

Os três presos foram autuados em flagrante por furto qualificado e conduzidos para a Unidade Prisional de Rialma. Um está foragido. Os produtos subtraídos do caminhão baú foram recuperados.

Quanto aos correios de Rianápolis, o cofre foi arrombando e furtado, a quantidade levada não foi informada, o caso será investigado pela Polícia Federal, por se tratar de autarquia federal.

Com informações Jornal Populacional

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
Campanha-covid-saude-estado01.gif
GIF-JARAGUA-ATUALIZADO.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS

By R2 Soft - © 2016 Folha de Jaraguá