• Folha de Jaraguá

Caso sobre morte de Wellington Mendes está concluso, com prisão preventiva de suspeitos decretada


O delegado Marco Antônio Maia, da delegacia regional de Goianésia, falou com a imprensa de Jaraguá na segunda-feira, 23 de janeiro, afirmando que pediu a justiça a conversão da prisão temporária em preventiva de Leonida Mendes, ex mulher de Wellington Mendes, assassinado no dia 15 de dezembro 2016, além de seu comparsa Elinaldo Lima (Brefado), também suspeito da morte do empresário.

Mesmo sem a confissão dos suspeitos, a polícia não tem dúvidas que os dois estão envolvidos no homicídio de Wellington Mendes, caso que chocou Jaraguá e ganhou repercussão nacional. Marco Antônio disse que foram concluídas as investigações e que o inquérito foi remetido ao Ministério Público, que ofereceu denúncia ao judiciário.

O delegado, também disse que diante das provas apresentadas nos autos, a justiça aceitou e concedeu a conversão da prisão temporária em preventiva. Segundo Marco Antônio Maia, agora os dois irão aguardar (presos) julgamento através de júri popular, que será marcado pela justiça.

Com informações repórter Dude Bill

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS

By R2 Soft - © 2016 Folha de Jaraguá